Login

Jorge Fernandes vence etapa norueguesa do CCA

Jorge Fernandes Foto de Catia Barbosa
 
Os seis finalistas do “Chefe Cozinheiro do Ano” participaram numa etapa especial da competição, que decorreu em Aalesund, na Noruega. Jorge Fernandes foi o vencedor, tendo apresentado à prova  «O Bacalhau, a batata e a gema”.
 
Jorge Fernandes tem 32 anos. Passou pela Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa e, em 2012, fez uma formação em Culinária de Competição. É membro da Equipa Olímpica Sénior de Culinária e já passou pelo restaurante Rio’s, em Oeiras, pelo Hotel Inter-Continental do Estoril, estando, desde 2017, como chefe de cozinha do Hotel Iberostar Lisboa.
 
O Bacalhau a batata e a gema Foto de Catia Barbosa
 
Hoje à tarde, os seis chefs portugueses terão ainda oportunidade de participarem numa masterclass exclusiva com Christopher Davidsen, chef norueguês vencedor do Bocuse d'Argent 2017.
 
Os chefs aceitaram o desafio do NSC - Conselho Norueguês das Pescas, para prepararem um almioço especial para dezenas de pessoas, incluindo os maiores exportadores noruegueses de bacalhau para Portugal.
 
Dado o mercado português ser aquele que mais consome bacalhau salgado, com um consumo correspondente a aproximadamente 20% de todo o bacalhau capturado a nível mundial, a Noruega faz uma aposta forte na dinamização do consumo e informação acerca dos seus produtos em Portugal, através do NSC.
A empresa pública norueguesa tem representação em vários países e o seu principal objetivo é informar e promover o consumo dos produtos do mar da Noruega, que são recolhidos com práticas de pesca sustentável.
 
Nesta etapa especial participaram os seis chefs finalistas do “Chefe Cozinheiro do Ano”: Carlos Gonçalves (Corinthia Lisbon Hotel, Lisboa); Fernando Cardoso (Altis Belém Hotel & Spa, Lisboa); Jorge Fernandes (Hotel Iberostar Lisboa, Lisboa); Pedro Pinto (Vila Vita Parc, Porches); Tony Martins(Douro Palace Hotel Resort & Spa, Baião); Vítor Adão (100 Maneiras, Lisboa).
 
“Chefe Cozinheiro do Ano” (CCA)
É um concurso de cozinha para profissionais, celebrando em 2018 a sua 29ª edição. O objectivo é o apuramento do Chefe Cozinheiro do Ano, a par da valorização profissional dos cozinheiros em Portugal. Os destinatários são todos os profissionais de cozinha residentes em Portugal, com mais de 25 anos ou mais de cinco anos de experiência profissional comprovada.