Login

Exotic Taste of Europe no Cais de Gaia

Marité
 
A partir de hoje e até ao dia 13 de maio, quem passar pelo Cais de Gaia, no Porto, poderá visitar o Marité. O veleiro de três mastros traz, a bordo, a exposição fotográfica “Exotic Taste of Europe”.
 
A exposição apresenta imagens do cultivo de produtos agrícolas das regiões ultraperiféricas da Europa - Madeira (Portugal), Guadalupe e Martinica (França), e Canárias (Espanha). Com particular destaque para as bananas, a exposição dá a conhecer outros produtos desses territórios, tais como as uvas, o maracujá, a anona, o abacate, a cana-de-açúcar, entre outros.
 
As fotografias mostram paisagens, bem como retratos de agricultores nas plantações e os frutos do trabalho. O veleiro e a exposição estão abertos diariamente aos visitantes, das 09 às 18 horas.
 
A exposição itinerante tem vindo a percorrer várias cidades europeias, com ações promocionais em Espanha, Portugal, França, Bélgica, Alemanha e Polónia.
 
Em 2017, a exposição foi visitada por cerca de16000 pessoas. As escalas deste segundo ano de campanha são: Alicante (Espanha), Porto (Portugal), Nantes (França), Oostende (Bélgica), Bremen (Alemanha) e Gdynia (Polónia).
O programa inclui exposições fotográficas nas capitais dos seis mercados visados, bem como projetos escolares para aumentar o conhecimento das crianças da Europa continental sobre as regiões ultraperiféricas da Europa e as suas produções agrícolas.
 
A campanha cofinanciada pela União Europeia sob o mote «O Símbolo das Regiões Ultraperiféricas nasce sob as Estrelas da Sorte» foi lançada pelas três organizações que representam o sector das bananas europeias - GESBA (Madeira), UGPBAN (Guadalupe e Martinica), e ASPROCAN (Canárias).
 
O principal objetivo é dar a conhecer aos europeus as vantagens de consumir produtos agrícolas das Regiões Ultraperiféricas da Europa (RUPs), aumentando a sua notoriedade e a do logo que identifica a sua origem e atestar a sua qualidade europeia.
 
Os produtos com o Símbolo RUP são cultivados usando métodos agrícolas tradicionais e sustentáveis, respeitando todas as normas da UE relativas à qualidade, proteção ambiental e responsabilidade social, de modo a garantir toda a segurança alimentar aos consumidores, cada vez mais exigentes no que concerne a alimentos saudáveis, consumo sustentável e amigo do meio ambiente. São produtos caracterizados pelo sabor intenso que é alcançado através de uma agricultura sustentável, por um controlo de
 
qualidade e pelo processo de rastreabilidade, que permite acompanhar o produto ao longo de todas as fases do processo de produção.
 
O Símbolo RUP foi criado pela UE para aumentar a competitividade dos produtos agrícolas das regiões ultraperiféricas da União, face aos produtos de «países Terceiros», que não fazem parte da UE.
A campanha teve início em 2017 e irá prolongar-se até 2019.
 
Simultaneamente, promove-se um intercâmbio entre as crianças da Europa Continental e as crianças das Regiões Ultraperiféricas, através de um intercâmbio de desenhos. No ano passado, 200 crianças da Europa continental trocaram desenhos com crianças das RUPs.